O que é a ARANHA VERMELHA?

O ácaro vermelho é um ácaro fitófago que causa danos muito graves às nossas culturas hortícolas, extensivas, de citrinos e de vinha, bem como às plantas ornamentais.

Alimentam-se diretamente da seiva das plantas, causando grandes danos. No nosso país, estima-se que 15-20% dos danos causados pelas pragas das culturas são causados por ácaros.

Começam a aumentar as suas populações na primavera e, no verão, completam uma geração em pouco mais de uma semana. Nas zonas onde o inverno é ameno, as gerações podem ocorrer ininterruptamente ao longo do ano. Esta praga prefere um clima quente e seco.

Por que é que o ácaro da aranha se espalha nas nossas plantas?

As temperaturas elevadas e um ambiente seco são as condições ideais para que uma população de ácaros se desenvolva rapidamente. Quando uma planta está fraca, é mais suscetível de ser atacada por este ácaro.

maxresdefault

Como é que o ácaro da aranha afecta as nossas plantas?

As larvas, ninfas e adultos causam danos às plantas, alimentando-se da sua seiva. Encontram-se geralmente na parte inferior das folhas, onde perfuram as células para sugar o seu conteúdo. As células mortas vazias tornam-se amarelas e, em muitas plantas, os danos são também visíveis na camada superior das folhas sob a forma de pontos amarelos. A destruição das células diminui a fotossíntese, aumenta a transpiração e reduz o crescimento das plantas.

À medida que os danos aumentam, as folhas ficam amarelas e, à medida que se perde mais seiva, acaba por ocorrer a necrose da planta. No tomate e no pepino, os danos em 30% da superfície foliar já podem levar à perda da colheita. As ninfas e os adultos tecem teias, nas quais os ácaros vivem, e as plantas podem ficar completamente cobertas por essas teias. As teias de aranha e as manchas foliares afectam o aspeto, o que é particularmente preocupante nas culturas ornamentais.

Como ELIMINAR os ácaros de forma natural?

PREDADORES DE ÁCAROS

  • PHYTOSEIULUS PERSIMILIS é o inimigo natural mais conhecido e mais utilizado para o controlo dos ácaros em numerosas culturas, principalmente em estufas e no interior. É o predador mais vendido para o controlo dos ácaros porque se alimenta apenas de ácaros. Se houver escassez de presas, pode canibalizar-se e desaparecer. Tem uma excelente mobilidade, mesmo quando há teias de aranha na cultura. As suas condições de trabalho ideais são uma humidade relativa elevada e uma temperatura de cerca de 20-25 graus Celsius.
  • O AMBLYSEIUS CALIFORNICUS é uma espécie originária das regiões de clima mediterrânico. Em Espanha, está amplamente distribuída ao longo da costa mediterrânica, podendo ser encontrada em culturas hortícolas, industriais, frutícolas e de citrinos e, em menor escala, na vinha. É a mais comum nas culturas de inverno no sudeste da península.
  • A larva de FELTIELLA ACARISUGA é um predador do ácaro vermelho com uma distribuição quase cosmopolita que serve para reforçar a luta dos ácaros predadores Amblyseius californicus e Phytoseiulus persimilis contra os ácaros fitófagos do género Tetranychus (ácaros vermelhos). É muito superior a outros inimigos naturais na procura de ácaros vermelhos devido à mobilidade da fase adulta e é, portanto, adequado para plantações maiores ou onde a praga está deslocalizada ou em colónias.
BICH0003 00