O piolho vermelho da Califórnia é uma espécie de inseto hemíptero da família Diaspididae. É uma das principais pragas que afectam os citrinos em Espanha e noutros países do mundo, sendo particularmente grave quando os frutos são comercializados para consumo em fresco e em zonas de cultivo com um clima relativamente seco.

O folículo (escudo) da fêmea é circular (cerca de 2 mm de diâmetro) e de cor castanha avermelhada, com uma exúvia central de cor mais escura. Os machos são mais pequenos (1 mm de comprimento) com um escutelo ovalado e descentrado. Na fase adulta, os machos são alados e de cor amarelada.

Por que é que o piolho vermelho aparece nas nossas plantas?

O seu ciclo de vida está intimamente ligado à saúde e à temperatura, pelo que a sua fase de pico ou mais prejudicial é geralmente no verão, quando as árvores podem sofrer de stress hídrico.

unnamed 2

Como é que o piolho vermelho afecta as nossas plantas?

Os danos provocados por esta praga são causados pela presença de fêmeas adultas. Apresentam-se sob a forma de escudos cerosos avermelhados nos ramos, folhas e frutos.

Nos ramos e nas folhas, o piolho vermelho pode provocar o enfraquecimento da planta. O principal prejuízo económico ocorre quando os frutos são destruídos pela presença de escudos. Embora não alterem as qualidades organolépticas do fruto.

P1000835

A luz desempenha um papel importante no piolho vermelho, que manifesta um fototropismo positivo (tendência para se deslocar em direção à luz), tornando a sua densidade muito mais baixa na base e no interior da árvore.

Como ELIMINAR os piolhos de forma natural?

PREDADORES DO PIOLHO VERMELHO

  • O Rhyzobius lophantae tem uma forma oval. Cabeça e pronoto castanho-avermelhados. Élitros pretos com brilho esverdeado ou acobreado. cor castanho-avermelhada. Parte inferior castanho-avermelhada, patas, antenas e peças bucais da mesma cor. A pontuação não é muito evidente. Pêlos duplos: pêlos curtos, espessos, decumbentes, esbranquiçados, entremeados por alguns pêlos longos, negros e erectos.
  • Chilocorus bipustulatus é um coleóptero da família Cooccinelidae, predador de diacídeos como Aonidiella aurantii e Aspidiotus nerii, embora quando esta fonte de alimento é escassa, possa também predar afídeos como Cinara maritimae, Cinara pinea ou Eulachnus rileyi . É um predador de todos os seus estádios, embora não se conheça, nesta fase, a importância que pode ter no seu controlo biológico.
Chilocorus bipustulatus 868492

PARASITÓIDES DO PIOLHO VERMELHO.

  • Aphytis Melinus e Chrysomphali introduzem um ovo sob o escudo da cochonilha, depositando-o no corpo da vítima depois de a ter paralisado. Além disso, uma grande parte dos diaspidídeos morre diretamente quando o parasita os perfura com o seu ovipositor para se alimentar dos fluidos que saem da ferida. Esta ação de predação (picadas de alimentação) é muito importante no campo para o controlo dos dípteros.
  • Em Encarsia perniciosi a fêmea deposita o ovo no interior do corpo da diapausa. Não paralisa o hospedeiro quando parasita (coinobionte). É solitário, apenas um parasitoide se desenvolve por hospedeiro. Os adultos são uniparentais, ou seja, os descendentes são quase todos do sexo feminino, sem necessidade de fecundação masculina. Ao contrário dos parasitóides do género Aphytis e Compariella bifasciata, prefere parasitar os que se encontram nos ramos e nas folhas.
  • Comperiella bifasciata é um endoparasitóide solitário do qual foram descritas várias raças. A fêmea tende a parasitar as escamas do piolho vermelho da Califórnia nas folhas e nos frutos. Podem pôr ovos desde o primeiro dia em que emergem. Ao contrário da Aphytis, não se alimenta dos fluidos dos diapaides.
unnamed 3