Sementes de legumes Mizuna asiática orgânica Microgreen

Planta oriental de crescimento rápido e muito produtiva. As suas folhas são macias e têm um sabor delicado que lhe confere um delicioso sabor a couve. Adequado para consumo fresco, como salada.

4.90

* Entrega em 24/48 h GRATUITA

** Encomenda mínima 15.00€

Em stock

Como cultivar microgreens passo a passo
As microplantas são muito fáceis de plantar e de cuidar. Mas, antes de mais, é preciso saber que crescem diretamente no solo ou em tabuleiros de cultivo. Não necessitam de muito espaço, pelo que podem ser cultivadas tanto no interior como no exterior. Precisam de luz solar indireta e de ser regadas uma vez por dia.

Os microgreens são geralmente colhidos entre 7 e 14 dias após a germinação, quando aparecem as primeiras folhas. É aconselhável colhê-las no momento em que se destinam a ser consumidas.

Materiais necessários:

– Tabuleiros de cultivo ou diretamente no jardim.
– Sementes biológicas.
– Substrato ecológico de crescimento ou solo misturado com 60% de turfa ou fibra + 40% de húmus de minhoca.
– Pulverizador.

Medidas a adotar:

1. Lavar as sementes e pô-las de molho em água.
Antes de mais, é preciso lavar as sementes com um coador ou um saco de germinação. A
Em seguida, consoante o tamanho das sementes, demolhe-as durante 4 a 8 horas. Note-se que as sementes mucilaginosas, como a rúcula, o agrião, a mostarda ou o manjericão, não devem ser demolhadas.

2. Colocar as sementes diretamente sobre o substrato húmido.

3. Preparar a área de cultivo
Para cultivar os seus microgreens, pode utilizar um tabuleiro de cultivo típico e espalhar o substrato sobre ele, formando uma camada de 2 a 3 cm de profundidade. Em alternativa, pode também utilizar germinadores, grandes tabuleiros de germinação ou, no caso de um jardim ou micro-jardim, utilizar vasos.

4. Após a sua escolha, molhe o solo com água até ficar húmido e
esponjoso.

Semeadura

5. Espalhar as sementes germinadas (ou não germinadas) uniformemente sobre o solo, compactando-o um pouco. Deve estar bem cheio de sementes e com pouco espaço entre elas. Em seguida, molhe-os com o pulverizador.

Importante: se tiver optado por semear num tabuleiro, cubra-o com outro tabuleiro do mesmo tamanho. Se optar por um germinador, utilize um pano. Em ambos os casos, deixar repousar durante 3-4 dias. E se escolheu um micro-jardim, lembre-se que é auto-regativo e mantém uma humidade óptima.

Após alguns dias, destapar o tabuleiro e colocá-lo à luz indireta. Isto não é necessário nos microjardins, uma vez que a luz já está incorporada.

Manutenção

Para favorecer a proliferação dos microgreens, o solo deve estar sempre húmido, mas não encharcado, e recomenda-se a rega com um pulverizador. Além disso, se quiser aumentar o seu valor nutritivo, pode enriquecer as plantas com compostos ricos em oligoelementos. Pode utilizar algas em pó ou composto macerado.

Recolher

Após 2-4 semanas após a sementeira, colher os microgreens com uma tesoura.
Para o efeito, apanhar pequenos cachos à mão, de fora para dentro e rente ao solo.
Em seguida, mergulhe-as numa tigela com água, escorra-as bem e pronto: estão prontas a comer!

Por vezes, se continuarmos a regar os caules, pode começar uma segunda colheita. Caso contrário, pode sempre reutilizar a terra para fazer composto.

Como utilizar e armazenar os microgreens
Idealmente, os microgreens devem ser consumidos após a colheita, mas também podem ser armazenados no frigorífico durante alguns dias. O único inconveniente será o facto de poderem perder o sabor e as propriedades nutricionais. Para as conservar frescas, coloque-as num recipiente de vidro e cubra-as com película aderente. Desta forma, pode utilizá-los em saladas, pizzas, sanduíches ou mesmo salteá-los.
Como pode ver, cultivar microgreens em casa é fácil e simples, sem ter de esperar meses para ver os resultados, e pode transformá-lo numa atividade familiar.